Sobre o amor

O dia que decidi amar

9 junho, 2016

Enquanto lê estas poucas palavras, ouça ‘What Have I Done?’ – Joshua Hyslop. Clique aqui

Hoje, véspera do dia dos namorados, pensei, poderíamos escrever um pouco sobre o amor, pois certamente estes dias do mês de Junho são aqueles dias que as atualizações de “relacionamentos sérios” preenchem grande parte das publicações em nossas redes sociais ..

O amor, que sentimento desafiador!

A oferta de ‘sócios’ dispostos a dividir carinho, e realizar a troca de presentes, e ainda registrar uma romântica foto, que certamente receberá as curtidas daqueles amigos virtuais que em nada se importam com a veracidade do sentimento, é o que o amor tem nos oferecido? É o suficiente ?

Queremos ideais e temos recebido migalhas!

De um lado, movimentos que nos motivam a esperar a pessoa perfeita, e do outro, propostas de amores medíocres!

Os retalhos de relacionamentos mal-sucedidos não matarão nossa fome pelo amor! Buscamos um relacionamento sério que não ame apenas o suficiente, queremos um velho novo ‘eu te amo’, queremos profundidade, queremos uma aliança verbal, espiritual e física.

Na terra das regras do eu escolhi esperar que exista um sentimento sincero, e não descartável!

Amar é correr riscos, e mesmo assim não ter medo de arriscar, é acreditar na imperfeição do outro e mesmo assim escolher amar!

Em tempos de exageros na exposição do amor e incontáveis adeptos dos variados movimentos de motivação à espera pelo amor, não amar poderia ser considerado uma ofensa a maioria .. mas se colocar à beira da mesa, na esperança de que migalhas de amor cairão ao chão é lamentável!

Talvez o amor destes tempos seja apenas um reflexo de uma geração que facilmente expõe todos os segredos do coração, que é amante da autopromoção como meio de conquistar um parceiro para a vida.

Mais que belos sorrisos, belas palavras, há um espírito ansioso, que foi criado para amar!

Isso mesmo, Deus nos criou para amar, amar ardentemente, e por mais que não possamos compreender em sua totalidade, não excluo a possibilidade de que por trás daquilo que agrada nossos olhos exista um Deus que planejou cada um dos nossos interesses, mas os olhos não são suficientes, é preciso enxergar a alma, afinal, quando não houver beleza para agradar os olhos, haverá beleza inigualável para agradar o espírito.

Não amar justifica-se pelos simples fato de que não queremos migalhas de relacionamentos .. O mínimo necessário para não estar solteiro não nos interessa!

Que seja simples! Que seja espontâneo! Que seja sem expectativas de perfeição! Que esteja Deus no controle, guiando minimamente o acaso, que por acaso já estava planejado no acaso desde a eternidade rs! Que nossos olhos sejam sensíveis ao agir de Deus! Que nossa escolha seja a escolha dEle!

Encerro estas poucas palavras acerca do amor com um conselho do nosso Pai sobre a pessoa certa.

Ambos eram justos diante de Deus, vivendo irrepreensivelmente em todos os preceitos e mandamentos do Senhor. Lucas 1: 6

E no dia que venhamos a decidir amar, que possamos estar dispostos a avançar do amor “sentimento” para o amor “decisão”.

E para tornar o texto mais romântico, já dizia Rubem Alves:

“Cartas de amor são escritas não para dar notícias, não para contar nada, mas para que mãos separadas se toquem ao tocar a mesma folha de papel.”

Que o verdadeiro amor nos alcance a cada dia! E que sua história de amor não seja bonita apenas o suficiente, mas seja segundo a vontade do Pai, que tanto se importa com a sua felicidade verdadeira, e não aparente!

Com amor em Cristo Jesus,

Priscilla Patricio.

Comentários

You Might Also Like

15 Comments

  • Reply Nayara 9 junho, 2016 at 11:11

    Amei o texto priscila .. Parabéns

    • Reply algunssegundos 10 junho, 2016 at 17:20

      Na linda .. ‘por enquanto’ rs <3

  • Reply Mislene Marques de Vasconcelos 9 junho, 2016 at 19:17

    Priscilla você trouxe lembranças mais que maravilhosas.

    • Reply algunssegundos 10 junho, 2016 at 17:22

      que as boas lembranças sempre tenham um lugar especial no nosso coração amiga ..

  • Reply kesia 9 junho, 2016 at 19:36

    Perfeito. <3

    • Reply algunssegundos 10 junho, 2016 at 17:23

      O agir do nosso Pai, certamente é perfeito, infinitamente perfeito!

  • Reply Cleudy 10 junho, 2016 at 0:02

    Lindo texto… uma pessoa que consegue transmitir refelexos do espirito Santo de Deus.

    • Reply algunssegundos 10 junho, 2016 at 17:24

      glorificado seja o nosso Deus, que nos escolheu e nos fez Sua morada .. que o Espírito Santo seja o nosso guia constantemente ..

  • Reply Keiciane Alexandre 10 junho, 2016 at 0:58

    Simplesmente maravilhoso
    Parabéns Pri 😍👏

    • Reply algunssegundos 10 junho, 2016 at 17:25

      Keici <3

  • Reply Abigail Calderaro 15 junho, 2016 at 12:40

    E falar do Amor se tornou algo tão fácil em suas palavras, só quem tem o amor de Deus tem a capacidade de através de palavras nos emocionar e nos fazer sentir o cuidado de Deus.
    Linda mensagem Priscilla.

    • Reply algunssegundos 29 junho, 2016 at 3:18

      O cuidado de Deus é sobrenatural! Que sejamos sempre sensíveis a perceber o infinito cuidado dEle com as nossas vidas!

  • Reply Ayla Lima 20 junho, 2016 at 4:16

    Parabéns Pri 🙂
    Gostei muito

    • Reply algunssegundos 29 junho, 2016 at 3:19

      tudo para a glória do nosso Pai, infinitamente bom! vamos multiplicar o reino!

  • Reply Mônica janmilly 22 julho, 2016 at 17:40

    Palavras sinceras, que edificam nossa caminhada na espera pelo sentimento verdadeiro.
    Amei😍 o post!!!

  • Leave a Reply