Fortalecimento

Nada me faltará, nem mesmo a dor!

1 novembro, 2016

Enquanto lê, ouça ‘I Shall Not Want’ – Ouça aqui

A dor provavelmente é um sentimento que não desejamos! Ansiamos os momentos felizes, e clamamos para que curto seja o dia da dor. Tentaremos, por ‘algumas muitas’ vezes acelerar o dia para que a velocidade nos impeça de lembrar da dor. Espontaneamente iremos nos conduzir a uma utopia do ‘faz de conta que sou feliz’, mesmo sabendo que a dor continuará lá. E quando não estivermos esperando, lá estará a dor gritando!

Desde pequenos aprendemos que sofrer não é bom, e isso nos faz mascarar a veracidade dos nossos sentimentos, como se fôssemos impedidos de sofrer!

Acredite, a dor possui a finalidade master de nos conduzir aos braços do Pai!

Quando o SENHOR se torna o Pastor da nossas vidas, a dor não nos faltará! Não, não estou fazendo nenhuma apologia a dor, mas precisamos reconhecer que a dor nos esvazia da autossuficiência, nossa queda diária, e nos coloca como carecedores dAquele que possui em Suas mãos o alívio para todas as nossas dores.

‘O Deus te toda a graça, que em Cristo vos chamou à sua eterna glória, depois de haverdes sofrido por um pouco, ele mesmo vos há de aperfeiçoar, confirmar e fortalecer. A Ele seja o domínio para todo o sempre. Amém’. 1 Pedro 5.10

Viva intensamente sua dor, use-a para que Cristo seja aperfeiçoado! Quando as lágrimas insistirem em escorrer, e o choro estiver em sua garganta, se permita ser fortalecido pelo Pai, pois a dor não nos faltará.

A nossa tentativa de criar uma falsa imagem de felicidade constante já está caminhando para o insucesso, afinal Deus nos afirmou que teríamos aflições, mas nos consolou, antecipadamente, ao declarar que ..

‘Os sofrimentos do tempo presente não se podem comparar com a glória que em nós há de ser revelada.’ Romanos 8.18

Que em nossos corações sempre possa repousar a certeza de que na nossa trajetória com o amado das nossas almas precisamos ser constantemente satisfeitos nEle. Que tudo nos falte, mas que Ele esteja sempre presente. E com Ele sempre seremos plenamente felizes, pois a satisfação que vem dEle não revela a ausência de circunstâncias desfavoráveis, mas a presença do Santo Espírito que reduz a nada quaisquer que sejam as circunstâncias!

Que nos falte o medo de não ter nada, que nos falte às paixões do mundo, que seja ausente a necessidade de ser aceito, que enfraquecido seja o receio de servir, mas que não nos falte a capacidade de descobrir os valiosos ensinos trazidos com a dor, e que o amor do Pai nos conduza ao aperfeiçoamento do caráter dEle em nós.

Com amor em Cristo Jesus.

Priscilla Patricio.

Comentários

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply