Maturidade Espiritual Série Enquanto Espero

Enquanto espero, Deus me basta.

8 maio, 2020

Enquanto lê, ouça ‘Never Going Back’ – United Pursuit (ouça aqui)

Você gosta de esperar?

Costumamos ouvir pessoas que falam o quão insuportável é esperar, seja na fila de um banco ou supermercado; e o que falar da lista de espera no vestibular? Esperar por algo ou alguém não soa tão bem aos nossos ouvidos, isso demanda tempo e paciência.

As Escrituras Sagradas estão cheias de histórias de espera. Sabe por quê? Enquanto os homens não querem isso, Deus quer falar ou fazer aquilo que nós não queremos.

Deus não é imediatista!

Observe Gênesis 1 e 2 para perceber todo o processo da Criação. Perceba como Deus é organizado, exigente e traz significado às coisas. O Deus de Promessa que tanto falamos é também Deus de Processos. Creio que Deus disse algo sobre você, há uma Palavra liberada e impregnada no seu espírito que não te deixa desistir, mas o que fazer enquanto não vivemos a promessa?

Como você age no deserto enquanto espera pisar na Terra Prometida? Nós ficamos desanimados quando os nossos olhos não contemplam o que Deus disse que faria e muitas vezes nos encontramos desesperados.

O desespero nos faz agir como o povo quando falaram a Moisés que melhor era servir aos egípcios do que morrer no deserto (Ex 14:12). O povo esqueceu-se que Deus quer mostrar sua Suficiência no deserto.  Ainda que a Terra Prometida fosse uma ótima recompensa, não ver nada diante dos próprios olhos fazia com que o povo pensasse em voltar.

Dessa forma, aprendemos que a nossa motivação não pode ser somente alcançar a promessa, pois assim não descobriremos o valor de carregar a Presença de Deus.

O que te faz caminhar não é aquilo que te espera, mas sim Aquele que te habita, pois Ele se move em você, e te impulsiona em direção à Terra.

O povo pensava no retrocesso porque a motivação que possuíam era a boa terra e não o Deus Suficiente. Aquelas pessoas moviam-se pelo visível, quando na verdade Deus queria ajustar os seus olhos em direção ao invisível.

Em 2 Coríntios 4:18, Paulo vai nos falar sobre ajustarmos os nossos olhos em direção ao que é eterno. O visível passa, mas o invisível permanece. Quando Deus faz esse ajuste, nós passamos a ter interesse em quem Deus É e não somente naquilo que Ele pode nos oferecer.

Estabeleça a intimidade durante o processo porque a promessa é só a consequência disso. Melhor que pisar na Terra da promessa é ser habitado pelo Deus Suficiente.

Pode ser que seus olhos não alcancem terra nenhuma, mas o Deus Invisível te habitará. O que basta enquanto esperamos a Promessa, é a Presença.

Em Hebreus 11:27b, vamos ver que Moisés permaneceu firme como quem vê Aquele que é invisível. Vemos um homem com os olhos ajustados ao Eterno, isso faz toda a diferença. Você pode até não entrar na Terra, mas ninguém vai poder dizer que você não andou com Deus. Você pode não alcançar a promessa, mas vai ser encontrado pelo Eterno e contemplar a sua Face. Até hoje pode ter conhecido a Deus só de ouvir, mas a partir de agora seus olhos poderão contemplar o Deus Invisível por pura Graça.

 

Giovanna Viana

Deus ama tanto as palavras que deu aos Homens a habilidade da escrita.

Comentários

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply